• Rodolfo Oliveira

5 Dicas para estruturar a sua estratégia de preço

Muitas empresas, quando questionadas sobre qual o seu posicionamento de mercado, respondem algo do tipo: “meu produto é de excelente qualidade e com preço acessível”. Essa é a típica resposta de um gestor com falta de foco ou que nunca refletiu seriamente sobre esse assunto. O posicionamento de mercado é uma das primeiras tarefas que uma empresa deve fazer antes de lançar seu portfólio no mercado. Algumas organizações até pensam nisso, mas param no meio do caminho. De que forma? Elas estudam toda a sua composição de preço (custos fixos e variáveis), traçam sua meta de rentabilidade, mas não definem que tipo de público desejam atingir. Acham que o produto deve ser acessível a todos e muitas vezes suas estratégias não “harmonizam” com o mercado que desejam entrar. Para se definir sua proposta, uma empresa deve fazer muita conta considerando aspectos internos e externos (além de definir seu público-alvo e a abordagem direcionada a eles, é claro). Veja a sequência de análise: 1) Saber os custos variáveis do seu produto (quanto custa produzi-lo?); 2) Saber os custos fixos (água, luz, telefone, internet…) Com esses dados, você saberá seu ponto equilíbrio (ou seja, quanto precisa vender para empatar e poder pagar as suas contas, mesmo não lucrando nada); 3) Em seguida, traçar uma meta de rentabilidade para se ter dinheiro em caixa. Dessa forma, você já tem uma boa leitura sobre a sua composição de preços. Mas muitas empresas já param por aí e esquecem um fator SUPER IMPORTANTE: qual o seu público-alvo e qual o seu fator de decisão de compra → PREÇO OU QUALIDADE???!! Quando se responde essa pergunta, o passo seguinte é: 4) Listar os concorrentes com essa mesma proposta, 5) Listar os produtos dessas empresas que concorrem diretamente com o seu e o preço praticado. Com essa consciência, você terá todas as informações necessárias para uma boa estratégia de preços! Dúvidas?! Já sabe, né? Estou aqui pra te servir! Bons negócios!


15 visualizações
 

©2019 by Rodolfo Oliveira